• Arq. Henrique Magno

Estantes Metálicas


Sempre que pensamos na decoração e, mais especificamente, no armazenamento ou exposição de itens nos vem em mente a marcenaria. É a primeira coisa que passa pela cabeça da maioria das pessoas (profissionais ou não). Já queremos um aparador, um armário, uma estante... O material? Madeira, MDF ou vidro. Mas e as estantes metálicas? Não podem entrar nessa imaginação? Não sei por aí, mas aqui já vem em mente logo de primeira, junto com a famosa marcenaria! E esse é o assunto desse post: ESTANTES METÁLICAS!

Elas ultrapassaram a barreira de: isso não se usa na decoração. Principalmente com o auge da decoração industrial nos últimos anos e a tendência de ter uma pegada mais descolada e de baixo custo. As estantes de aço, nos seus mais diversos modelos, saíram do ambiente industrial (e, muitas vezes, corporativos) e entraram de vez na nossa sala, quarto, cozinha... onde você quiser, já pode usar! Não tenha medo não.

Elas não ocupam tanto espaço, são baratas quando comparadas às soluções em marcenaria (custando a partir de R$ 90,00) e SUPER versáteis. Podendo ser encontrada em diversas cores para venda direta ao consumidor final, ainda há a opção de personalização depois. Não achou a cor exata que você queria? Sem problemas e mãos à obra. Nada que uma tinta própria para o material não resolva em algumas horas.

No varejo podemos encontrar as peças em alturas variadas. As mais usuais são as de 6 prateleiras que tem cerca de 2m de altura. E já que falamos de altura e prateleiras, aqui vamos tocar no ponto que eu acho mais interessante nas peças: a ADAPTABILIDADE! Com as mudanças na nossa vida, mudam algumas prioridades, mudam os objetos, o tamanho da TV... nada melhor que ter um móvel que se adapte à essas mudanças, certo? As estantes metálicas são totalmente adaptáveis, por conta da possibilidade de modificarmos as alturas e quantidade de prateleiras livremente. Aquele livro não cabe na altura padrão que veio quando você comprou a peça? Você só precisa de uma chave de boca (ou chave inglesa) e uns minutinhos. Pronto, nova altura configurada e já cabe o Neufert. Além disso, podemos fazer alguns acréscimos nos modelos como adição de nichos em marcenarias, prateleiras em madeira... São MUITAS possibilidades!

Clique nas imagens abaixo para ver em tamanho maior e com os devidos créditos:

Posso estar parecendo um adolescente apaixonado pelas possibilidades das estantes metálicas? POSSO! Elas podem substituir facilmente as peças em MDF ou madeira maciça em todos os ambientes da casa (internos e externos). É só atentar-se ao acabamento da superfície se for um local com umidade.

Posso colocar essa estante na sala? PODE

Posso colocar no quarto? PODE

Posso colocar na cozinha? PODE

Posso colocar na varanda? PODE

Posso colocar no escritório? PODE

Posso colocar no ateliê? PODE

Saca só mais algumas inspirações aqui, só clicar na imagem para ver em tamanho maior e com os devidos créditos. Inspire-se:

Toda essa "devoção" às estantes de aço surgiu quando esse arquiteto que vos escreve estava montando a sala do seu escritório, exatamente 1 ano atrás, e se pegou pensando sobre as possibilidades para armazenamento/exposição de algumas coisas. Marcenaria? Legal. Custo? Bom, precisamos ver isso aí. Mas e se eu usasse estantes metálicas? Foi aquele estalo que dá na memória, sabe? E ficou ótimo! Bom, vocês precisam me dizer o que acharam também né? Confere aqui algumas imagens do projeto (render nas 2 primeiras imagens) e fotos do ambiente hoje!

Espero que vocês tenham curtido o post! Tem sugestão de algum tema que devemos explorar? Deixa aqui nos comentários!

#HenriqueMagno #decoração #estantesdeaço #estiloindustrial

Arquitetos do Brasil | 2020